Palestra discute em Copacabana tipos de relações comportamentais

Especialistas falarão também sobre a projeção da consciência, assunto que está em alta na novela 'Amor à Vida' por conta das aparições da personagem Nicole, já falecida

Por bianca.lobianco

Rio - O Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia promoverá, no próximo dia 7, palestras gratuitas sobre a relação afetiva do ser humano. O evento discutirá as afinidades e vivências com base na admiração de outras pessoas, além de falar sobre a autoestima. A palestra, que terá a duração de duas horas, será realizada em Copacabana, na Zona Sul do Rio. As vagas são limitadas.

No dia 14, uma outra conferência abordando as influências da emoção das pessoas no dia a dia será realizada no mesmo local. O evento discutirá a relação e o apelo emocional que acabam manipulando as pessoas de forma inconsciente. Tornando-as dependentes umas das outras.

O Instituto, que fica localizado em Foz do Iguaçu, estuda a consciência humana, a projeção da consciência, além de outras coisas da psiquê do homem. O assunto está em alta com a novela 'Amor à Vida', da Rede Globo, onde o personagem Thales (Ricardo Tozzi) consegue ver a amada Nicole (Marina Rui Barbosa), já falecida.

Os especialistas do Instituto já participaram do programa "Mais Você". Na ocasião, os voluntários Fábio Bernardes e Shérida Wong relataram experiências com familiares, similares às aparições da personagem Nicole. A pesquisadora e autora Málu Balona explicou sobre a importância da limpeza energética dos ambientes, roupas, sentimentos de afetos e desafetos para que ocorra uma harmonia entre consciências que vivem na dimensão física e as que vivem em dimensões extrafísicas.

Serviço: 

Endereço: Avenida Nossa Senhora de Copacabana, nº 919, sala 201, Copacabana
Horário: 19h às 21h30
Outras informações: 3153-7575 ou 3153-7574

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia