Portugal sai da recessão técnica

PIB do país subiu 0,2% entre julho e setembro deste ano

Por karilayn.areias

Lisboa - Portugal saiu da recessão técnica dois anos e meio depois, após registrar crescimento econômico durante dois trimestres consecutivos, em linha com as previsões oficiais do Governo. De acordo com os dados publicados nesta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) português, o PIB do país subiu 0,2% entre julho e setembro deste ano em comparação com o trimestre anterior, quando já tinha melhorado 1,1%.

Os números, no entanto, refletem também que em comparação com o ano anterior a economia portuguesa ainda continua no vermelho, já que durante o terceiro trimestre do ano retrocedeu 1%. De fato, tanto o Executivo como a UE e o Fundo Monetário Internacional (FMI) - organismos internacionais que concederam o resgate a Portugal - mantêm intactas, por enquanto, suas previsões globais para 2013, quando calculam que o país fechará pelo terceiro ano consecutivo em negativo com uma queda do PIB de 1,8%.

A saída da recessão técnica representa, no entanto, um sinal positivo para Lisboa que se soma a outros indicadores promissores, como a recente diminuição do desemprego (a taxa de desemprego está agora em 15,6%). Portugal espera retornar ao crescimento econômico no ano de 2014, quando os organismos internacionais estimam uma alta do PIB português de 0,8%.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia