Por cadu.bruno

Vaticano - O papa Francisco pediu orações neste domingo pelos cristãos que sofrem perseguições por causa de sua fé perante milhares de fiéis na Praça de São Pedro no Vaticano.

Durante a tradicional oração do Ângelus, o pontífice dedixou palavras para os "irmãos e irmãs cristãos que sofrem perseguições por causa de sua fé" em diferentes partes do mundo e expressou sua "admiração por sua coragem e seu testemunho".

Após o Ângelus%2C Francisco quis 'recomendar um remédio'EFE

Além disso, Francisco fez um pedido para "não deixar-se enganar por falsos messias, nem deixar-se paralisar pelo medo" e lamentou a existência de "falsos salvadores" que querem substituir Jesus".

"O Senhor nos ajuda a não ter medo, frente às guerras, às revoluções, mas também perante as calamidades naturais, as epidemias. Jesus nos liberta do fatalismo e de falsas visões apocalípticas", disse.

Após o Ângelus, Francisco quis "recomendar um remédio".

"Alguns pensarão: agora o papa é farmacêutico?", disse o pontífice aos fiéis que estiveram hoje no Vaticano, para depois explicar, com um trocadilho, que se tratava de um "remédio espiritual chamado "Misericordina".

Você pode gostar