Mais Lidas

China prende sete suspeitos de injetar água suja em carne, diz TV

País já registrou vários escândalos alimentares, incluindo a distribuição de laticínios com produtos químicos

Por clarissa.sardenberg

China - O governo chinês prendeu sete pessoas na província de Guangdong por injetarem água suja em carne de cordeiro para aumentar o peso e elevar o preço, disse a TV estatal, em mais um episódio de contaminação alimentar na segunda maior economia do mundo.

Os suspeitos matavam até cem ovinos por dia em abatedouro ilegal. Eles injetavam água cheia de bactérias na carne antes de vendê-las em feiras, quiosques de comida e restaurantes de cidades como Guangzhou e Foshan, segundo a emissora CCTV.

Nos últimos anos, a China registrou vários escândalos alimentares, incluindo a distribuição de laticínios com produtos químicos e o uso de "óleo da sarjeta" para a preparação de alimentos.

O abatedouro ilegal de Guangdong foi achado no final de dezembro. Lá havia 30 carcaças contaminadas com água suja, 335 ovelhas vivas, carimbos de inspeção falsificados e equipamentos para injetar a água na carne, segundo a reportagem.

Cada ovelha ganhava até seis quilos de água logo depois do abate.

Açougue nos arredores de Pequim. China prendeu sete pessoas por injetarem água suja em carneReuters


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia