Por tamara.coimbra

Berlim - A população alemã cresceu pela terceiro ano consecutivo em 2013, impulsionada pelo maior nível de imigração líquida em 20 anos, informou o instituto federal de estatísticas nesta quarta-feira.

Cerca de 80,8 milhões de pessoas viviam na Alemanha no final de 2013, ante 80,5 milhões no final de 2012. O número de mortes superou o de nascimentos em cerca de 220 mil, ante 200 mil antes, mas a imigração mais do que compensou a diferença entre mortes e nascimentos.

A crise econômica na zona do euro levou milhares de jovens do sul da Europa a tentar a vida na Alemanha em busca de emprego e resultou numa onda de pessoas estudando alemão em todo continente, à medida que as pessoas buscam formas de se beneficiar da força da economia alemã.

Especialistas alertam que a população alemã vai diminuir no médio e longo prazos devido à baixa taxa de natalidade, e pode chegar em apenas 70 milhões até 2060.

Você pode gostar