Primeira-dama francesa deixa hospital após oito dias internada

Hollande falará sobre sua vida pessoal antes da viagem oficial que fará aos Estados Unidos mês que vem

Por tamara.coimbra

França - A primeira-dama francesa, Valérie Trierweiler, deixou neste sábado o hospital parisiense no qual deu entrada há oito dias após a publicação em uma revista que seu companheiro, o presidente socialista François Hollande, tem um romance com uma atriz.

Valérie Trierweiler foi hospitalizada desde o dia em que foi publicado um susposto romance entre o presidente e a atriz Julie GayetEfe


Valerie saiu do hospital Pitié-Salpêtrière por volta das 15h30 (local, 12h30 em Brasília) e se dirigiu à residência oficial presidencial da Lanterne, próxima ao palácio de Versalhes, nos arredores de Paris, publicou a rádio "RTL". Ali ficará alguns dias em repouso, acrescentou a revista "Paris Match", onde a primeira-dama é jornalista.

A informação, confirmada por outros veículos que citam fontes próximas à primeira-dama, foi divulgada enquanto o presidente francês está em viagem a Tulle, no centro do país, cidade rural onde foi prefeito antes de sua chegada ao Champs-Elysées.

A companheira de Hollande foi hospitalizada na sexta-feira passada com uma crise de ansiedade, depois de a revista "Closer" publicar fotos que insinuavam que o presidente tem um caso com a atriz Julie Gayet. Desde então Hollande só foi visitá-la uma vez, na quinta-feira, encontro no qual eles concordaram em dar um tempo para esclarecer sua situação, segundo o "Le Parisien".

O presidente não desmentiu a informação da "Closer" e se limitou a criticar que assuntos de sua vida privada sejam publicadas. Na entrevista coletiva que deu na última quinta-feira, Hollande afirmou que falará sobre sua vida pessoal antes da viagem oficial que fará aos Estados Unidos mês que vem.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia