Greve de diplomatas pode prejudicar visita do Papa Francisco a Israel

Caso viagem seja cancelada, turismo local será prejudicado pois muitos fiéis pretendem ir ver o Pontífice

Por clarissa.sardenberg

Papa Francisco pode ter viagem canceladaEfe

Israel - Uma viagem do Papa Francisco a Terra Santa de 24 a 26 de maio pode ser prejudicada por uma greve de diplomatas israelenses, de acordo com o Vaticano. De acordo com o The Times of Israel, o Papa foi obrigado a desmarcar sua visita a Israel por causa de um conflito trabalhista no Ministério das Relações Exteriores. O Ministério não permite a realização de "dispositivos necessários" à viagem.

Segundo o padre porta-voz da Santa Sé Frederico Lombardi, a greve pode "complicar" os preparativos da viagem, mas o Vaticano não confirma o cancelamento.

O porta-voz do ministério das Releções Extriores de Israel afirmou que por causa da greve que começa na próxima terça-feira, seria "complicado" ou até mesmo "impossível" receber visitas de autoridades estrangeiras nas próximas semanas, como a do primeiro-ministro britânico, David Cameron. Segundo ele, as autoridades poderão ir ao país como turistas, mas os diplomatas não poderão cuidar do caráter político ou da logística durante o perído de estadia.

O Pontífice pretende visitar locais sagrados para o cristianismo, como Amã, Belém e Jerusalém. Caso a viagem seja cancelada, o turismo local será prejudicado pois muitos fiéis pretendem ir ver o Papa.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia