Por julia.sorella

Kiev - O secretário do Conselho de Segurança Nacional e de Defesa, Andrei Parubiï anunciou nesta quarta-feira, que os cidadãos russos vão precisar de vistos para entrar na Ucrânia. Além de estabelecer a obrigação da nova documentação, Andrei antecipou que a Ucrânia vai deixar a Comunidade dos Estados Independentes (CEI), que é formada por onze ex-repúblicas soviéticas e liderada pela Rússia.

"Nós encarregamos o Ministério das Relações Exteriores de introduzir um regime de vistos com a Rússia", declarou Parubiï após uma reunião do conselho. "Ficou decidido iniciar o processo de saída da CEI", acrescentou o secretário. As decisões foram tomadas após a anexação da região da Crimeia à Rússia.

Parubiï comentou também que o governo ucraniano pretende retirar os militares e seus parentes das bases ucranianas na Crimeia, que foi ocupada pelas forças russas. "Nós preparamos medidas para que os militares e os membros de suas famílias que estão na Crimeia possam rapidamente voltar à Ucrânia continental", disse Parubiï. Na terça-feira, um soldado ucraniano foi morto em uma tentativa de tomada de sua base em Simferopol, capital da Crimeia.

Soldado ucraniano na base de Kherson%2C próximo a CrimeiaReuters


Você pode gostar