Por julia.sorella

Washington - A Nasa (agência espacial americana) anunciou nesta quinta-feira a descoberta de um planeta de tamanho aproximado ao da Terra e no qual pode existir água em forma líquida. O planeta, que orbita a estrela anã Kepler-186 e que recebeu o nome provisório de Kepler-186f, fica na constelação do Cisne, a cerca de 500 milhões de anos luz da Terra.

Ele foi analisado pelos telescópios Gêmeos Norte, de oito metros, e Keck II, de dez metros,ambos instalados em Mauna Kea, no Havaí. "É extremamente difícil detectar e confirmar planetas do tamanho da Terra, e agora que encontramos um, queremos encontrar mais", disse em uma teleconferência Elisa Quintana, pesquisadora do Instituto para a Busca de Inteligência Extraterrestre (SETI).

O planeta Kepler-186 a partir da concepção de um artista da NasaNasa

Busca por planetas similares à Terra é incessante

A busca de planetas similares à Terra é uma das maiores aventuras na pesquisa espacial. Embora já tenham sido detectadas centenas de planetas do tamanho da Terra, eles circulam em órbitas próximas demais de suas estrelas para que haja água líquida em sua superfície. Em contrapartida, há cerca de 1,7 mil corpos celestes que orbitam estrelas a uma distância que torna possível a existência de água e, portanto, de vida. Mas nenhum com as dimensões do Kepler-186f. O fato de ele ser um pouco maior que a Terra pode ajudar, segundo Stephen Kane. “A esperança é que isso resulte numa atmosfera um pouco mais densa, o que provocaria um efeito estufa um pouco mais forte que o faria quente o bastante para manter líquida a água que eventualmente exista lá.”

Você pode gostar