Por julia.sorella

Bruxelas - A mãe de duas crianças encontradas mortas no domingo em sua casa em Jambes, na Bélgica, foi presa e acusada de duplo assassinato, informou nesta segunda-feira o promotor de Namur, Philippe Dulieu. Foi o marido dela quem encontrou os corpos de Mathieu, de 2 anos e meio, e Raphaël, de 6, no domingo à tarde.

A mãe confessou o crime em uma audiência preliminar. Ela explicou que tomou a decisão de tirar a vida de seus filhos por causa da angústia pela pobreza em que viviam há muitos anos. Ela disse ter dado dois soníferos a cada um de seus filhos no sábado à tarde e esperado que dormissem para afogá-los na banheira, atados pelos tornozelos e, no caso do maior, também pelos punhos. Em seguida levou os corpos para suas respectivas camas.

Quando o marido chegou ela disse a ele que as crianças já tinham se deitado, e passaram parte da noite assistindo televisão, contou ao promotor. O marido saiu no domingo pela manhã pra dar uma volta, e quando voltou à tarde descobriu os corpos das crianças. Durante a ausência dele, a mulher tentou se suicidar várias vezes, mas não conseguiu, indicou a promotoria.

Você pode gostar