Centenas de chineses fogem do Vietnã e entram no Camboja

Pelo menos 20 pessoas já foram mortas por conta da violência

Por clarissa.sardenberg

Ciina - Centenas de chineses fugiram para o Camboja para escapar dos distúrbios anti-China no Vietnã, nos quais há informações de que pelo menos 20 pessoas foram mortas, informou a polícia do Camboja nesta quinta-feira.

"Ontem mais de 600 chineses vieram do Vietnã para o Camboja pelo posto internacional de controle de Bavet", disse à Reuters o porta-voz da Polícia Nacional, Kirt Chantharith.

"Eles estão em hospedarias e hotéis em Phnom Penh, e cerca de 100 pessoas permaneceram na cidade de Bavet", acrescentou. "Depois que a situação se acalmar, eles poderão voltar para o Vietnã ou ir para outros lugares."

Milhares de vietnamitas puseram fogo em fábricas estrangeiras e provocaram distúrbios em zonas industriais no sul e leste do país, reagindo com fúria à prospecção de petróleo pelos chineses numa parte do Mar do Sul da China reivindicada pelo Vietnã.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia