Por clarissa.sardenberg

Estados Unidos - Um adolescente americano de 18 anos morreu poucos dias antes de sua festa de formatura do Ensino Médio por uma overdose de cafeína. Logan Stiner foi encontrado morto no chão de sua casa, em Ohio, nos EUA. O caso ocorreu no último dia 27, legistas afirmam que o colapso foi resultado de uma alta ingestão de cafeína.

Jovem foi encontrado no chão da cozinha de casaReprodução Internet

Segundo o Huffington Post, o irmão do adolescente o encontrou na cozinha de casa. “Ele está no chão desmaiado. Eu não sei por quanto tempo ele está aqui”, disse o jovem ao serviço de emergência. De acordo com a polícia, o rapaz já estava morto quando foi encontrado.

A mãe de Logan achou sacos de cafeína em pó entre os pertences do estudante e notificou as autoridades. Após isso, os legistas descobriram 70 microgramas de cafeína por ml de sangue, 20 mg além do nível considerado fatal.

“É muito difícil prever a resposta de cada um à cafeína. Algumas pessoas são mais sensíveis do que outras”, explicou Bruce Goldberger, diretor de toxicologia da Universidade de Florida. “É aí que reside o problema. Se alguém tem uma condição médica não diagnosticada, podem ingerir cafeína não sabendo que pode ter um efeito prejudicial, tal como uma arritmia cardíaca, hipertensão ou ansiedade”, completou.

Ainda não se sabe porque o adolescente estava usando a quantidade excessiva de cafeína. Segundo Katie, o filho já havia dito à ela que usava a substância como pré-treino para praticar wrestling na escola.

Você pode gostar