Museu do Amanhã promove debate online com Marcelo Tas sobre o futuro

Mudanças climáticas, crescimento populacional, alteração da biodiversidade e avanço tecnológico estarão entre os temas

Por clarissa.sardenberg

Rio - "Como poderemos viver?" e "Como queremos viver?" O jornalista Marcelo Tas irá ajudar o público a descobrir as respostas para estas e outras perguntas nesta quinta-feira durante um debate promovido pelo Museu do Amanhã via Google Hangout. Mudanças climáticas, crescimento populacional, alteração da biodiversidade e avanço tecnológico estarão entre os temas. A proposta do museu faz parte de uma nova geração de projetos científicos e consiste em explorar as possibilidades de construção do futuro.

A iniciativa é feita pelo Santander em parceria com a Fundação Roberto Marinho. O debate online começa às 15h30, basta acessar o canal do Santander no YouTube. 

Além da mediação de Tas, participarão da discussão o físico Luiz Alberto Oliveira, curador do Museu do Amanhã; o engenheiro Alexandre Ribenboim, fundador da empresa de telerradiologia Pró-Laudo; o presidente da Câmara Técnica de Desenvolvimento Sustentável e Governança do Rio de Janeiro (Cadegom), Sergio Besserman, e o diretor de Sustentabilidade do Santander Brasil, Carlos Nomoto.

O Museu do Amanhã tem inauguração prevista para o primeiro semestre de 2015, mas já possui uma sala de visitação de 80 metros quadrados, no canteiro de obras do projeto, no Píer Mauá. O espaço apresenta, além dos eixos narrativos do Museu e da maquete do projeto, um conteúdo interativo que tem o objetivo de levar o público a refletir sobre o impacto de suas ações no planeta, por meio de um quiz, tablets com aplicativo exclusivo e vídeo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia