Duplo atentado em Aleppo mata 13 soldados do regime sírio

Ataque teve três explosões contra edifício

Por guilherme.souza

Vítima de atentado é socorridaEfe

Síria - Pelo menos 13 soldados do regime sírio morreram nesta terça-feira em um duplo atentado contra o antigo prédio da chefia de polícia no centro de Aleppo, a maior cidade do norte da Síria e segunda maior do país, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

O atentado foi realizado por dois combatentes islamitas suicidas que explodiram as bombas em dois túneis que passavam por debaixo do prédio. Depois disso, foram registrados confrontos entre as forças do regime e os rebeldes em regiões próximas. A TV oficial síria informou que foram três explosões contra o edifício, mas não relatou outras vítimas, por enquanto.

Os atentados em túneis escavados sob alvos governamentais se tornou uma estratégia frequente da Frente al-Nusra, filial da Al Qaeda na Síria, e de outros grupos islamitas. Ao todo, mais de 170 mil pessoas morreram desde o início do conflito no país, em meados de março de 2011.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia