Estudo explica o motivo de cães cheirarem o traseiro um do outro

A descoberta mostra que no traseiro dos cães há uma área chamada 'saco anal', onde ficam informações químicas

Por guilherme.souza

Estados Unidos - Já se perguntou o motivo dos cães cheirarem o traseiro um do outro? Um estudo realizado pelo Dr. George Preti, cientista do Centro Monell Chemical Senses, em Whasington, nos EUA, conta o que leva esses animais a praticar tal atitude. Segundo ele, a prática é feita para descobrir informações e detalhes específicos, como dieta e estado emocional do animal que esta sendo cheirado.

Os cães fazem isso para descobrir informações sobre outros cães%2C incluindo o sexo%2C dieta e estado emocional do cão sendo cheiradoReprodução Internet

Através de sua pesquisa, foi descoberto que pelo cheiro da secreção, os animais farejadores tem informações sobre sexo, dieta e estado emocional do animal farejado. Preti explica que o olfato dos animais, é cerca de 10.000 mil a 100.000 mil vezes mais sensível que o nariz humano. E diz que quando um animal cheira o orifício do outro, ele esta na verdade coletando informações do animal farejado.

A descoberta mostra que no traseiro dos cães há uma área chamada "saco anal", onde ficam informações químicas sobre o animal. George conta como os cães conseguem capitar esses odores, especialmente em uma área onde também há o mau cheiro das fezes. "Você acha que o cheiro do cocô de cachorro iria dominar o cheiro sensível, mas os cães têm um segundo sistema olfativo em seu nariz hiper-sensível, chamado órgão de Jacobson", explica. Concluindo que os animais se cheiram para conhecer um ao outro através do olfato.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia