Exército israelense anuncia trégua humanitária de quatro horas

Mais cedo, bombardeios israelenses atingiram uma escola administrada pela Organização das Nações Unidas

Por clarissa.sardenberg

Gaza/Jerusalém - O Exército de Israel anunciou a abertura de uma trégua humanitária de quatro horas a partir das 15h locais (9h de Brasília) em Gaza, confirmou nesta quarta-feira um porta-voz das forças armadas.

Bombardeio

Mais cedo, bombardeios israelenses atingiram nesta quarta-feira uma escola administrada pela Organização das Nações Unidas em um campo de refugiados da Faixa de Gaza, matando pelo menos 19 pessoas e ferindo cerca de outras 125 que se refugiavam lá, disse um funcionário da entidade.

Bombardeio israelense em Jebalya deixou população em pânico Reuters

O sangue se espalhava pelo chão e os colchões dentro das salas de aula enquanto alguns sobreviventes vasculhavam montes de vidros estilhaçados e destroços em busca de corpos para enterrarem.

Uma porta-voz militar israelense em Tel Aviv disse não ter de imediato informações sobre o que aconteceu na escola, que pertence à Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina no Oriente Médio (Unrwa).

O diretor da Unrwa, Khalil al-Halabi, disse que cerca de 3.000 palestinos estavam refugiados na escola, no campo de refugiados de Jabaliya, quando ficou sob fogo israelense na madrugada.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia