Após reforma, casal desiste de palácio

Obras foram pagas pelos contribuintes

Por felipe.martins , felipe.martins

Londres - Vários súditos da Rainha Elizabeth II, da Inglaterra, não gostaram nem um pouco de ler na imprensa local, nos últimos dias, que o Palácio de Kensington poderá não ser mais a residência oficial do jovem casal real, o príncipe William e a mulher, Kate Middleton. Afinal, foi o dinheiro de contribuintes que pagou grande parte da reforma no imóvel, avaliada em 4,5 milhões de libras (R$ 17 milhões). O palácio tem quatro andares e 20 cômodos.

Kate e William: mais perto de casais com outros filhos pequenosReuters

A família deve mudar-se, ainda este mês, para residência no condado de Norfolk, a duas horas de Londres, e a quase três e Kensington. A região, de paisagem bucólica, teria sido escolhida por ter mais casais amigos, com filhos pequenos como George, 1 ano, e por ser próximo ao trabalho de William, que será piloto de resgate da East Anglia Ambulance Service. O príncipe trabalhará três dias por semana e não se sabe se receberá ou não o salário, que pode variar entre 40 mil e 60 mil libras.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia