Número de mortos por ebola sobe para 887 e aumentam casos na Nigéria

A doença é transmitida por contato de sangue, secreções e fluidos corporais.

Por guilherme.souza

Genebra, Suíça - O número de mortos no pior surto de ebola já registrado no mundo atingiu a marca de 887 pessoas até o dia 1 de agosto, enquanto o número total de casos nos quatro países da África Ocidental afetados chegou a 1603 até a mesma data, informou a Organização Mundial da Saúde nesta segunda-feira.

A Nigéria, o mais recente país a registrar a presença da doença, teve até quatro casos registrados, dos quais três foram classificados como 'provável' ebola e um como 'suspeito', disse a agência da ONU baseada em Genebra em comunicado.

Grupo Médicos Sem Fronteiras (MSF) trabalha incessantemente para ajudar vítimas do ebola Reuters

A doença é transmitida por contato de sangue, secreções e fluidos corporais. Em seu primeiro estagio, os sintomas são muito parecidos com uma gripe comum. O tempo médio em que se contrai a doença e a manifestação dos sintomas é de 8 a 10 dias na primeira fase.

A segunda fase da doença é conhecida como fase hemorrágica. Nesta fase, as primeiras hemorragias internas ou subcutâneas são expressas pela presença de sangue no vômito, na tosse e nas fezes. A evolução para sintomas hemorrágicos demostra o agravamento da doença, podendo levar o individuo à morte.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia