Obama notifica Congresso sobre ordem para ataques aéreos no Iraque

Obama tem que notificar o Congresso sobre a autorização para os ataques; forças de segurança quebraram cerco no domingo

Por leonardo.rocha

Estados Unidos - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, notificou o congresso sobre os ataques aéreos no Iraque para ajudar na entrega de ajuda humanitária à cidade xiita sitiada de Amerli na última semana, informou a Casa Branca em comunicado nesta segunda-feira.

Forças de segurança do Iraque apoiadas por milícias xiitas quebraram no domingo o cerco de dois meses a Amerli imposto por militantes do Estado Islâmico e entraram na cidade, depois que militares norte-americano realizaram ataques aéreos em posições do Estado Islâmico perto da cidade e lançaram ajuda humanitária para os moradores. Obama tem que notificar o Congresso sobre a autorização para os ataques.

Presidente dos Estados Unidos, Barack ObamaEfe


ONU

O Conselho de Direitos Humanos da ONU condenou nesta segunda violações cometidas por forças do Estado Islâmico no Iraque, que podem ser classificados como crimes de guerra, e concordou em mandar uma missão para investigá-los.

O conselho adotou uma resolução apresentada por França e Iraque sem votação, mas a delegação da África do Sul disse que se desassociou do texto por falta de equilíbrio. "Nós estamos enfrentando um monstro terrorista", disse o ministro de direitos humanos do Iraque, Mohammed Shia' Al Sudani, numa sessão de emergência em Genebra.

"As ações do Isis (antiga sigla em inglês do Estado Islâmico) ameaçam não apenas o Iraque, mas toda a região e o mundo", acrescentou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia