Londres trabalha para verificar execução do refém britânico pelo EI

Ministério britânico afirmou que as imagens estão sendo analisadas afim de identificar seu conteúdo

Por vinicius.amparo

Londres - O Ministério das Relações Exteriores britânico afirmou neste sábado que trabalhava "com urgência para verificar" um vídeo supostamente divulgado pela organização jihadista Estado Islâmico (EI) que mostra a decapitação do voluntário britânico David Haines.

"Tomamos conhecimento do vídeo e estamos trabalhando com urgência para verificar seu conteúdo", afirmou um porta-voz do Foreign & Commonwealth Office sobre a suposta execução de Haines, de 44 anos, que foi sequestrado em março do ano passado.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia