Ciclone mata três pessoas na Índia e 400 mil são removidos

Os ventos chegaram a 195 quilômetros por hora e causaram destruição

Por karilayn.areias

Índia - Pelo menos três pessoas morreram vítimas dociclone Hudhud, que provocou fortes chuvas e ventos em uma grande faixa da costa leste da Índia. Os ventos que chegavam a 195 quilômetros por hora causaram fortes danos a edifícios e plantações.

O ciclone Hudhud atingiu a costa leste da Índia com ventos e chuvaEFE / EPA / STR

Segundo o chefe de gabinete do Comando Naval do Leste da Índia, o contra-almirante S.K. Grewalm, o ciclone deve se enfraquecer gradualmente nas próximas 12 horas. Apesar disso, fortes chuvas devem permanecer nos estados de Andhra Pradesh e Orissa por mais três dias.

De acordo com informações locais, 400 mil pessoas foram retiradas das áreas costeiras. Visakhapatnam, uma das maiores cidades do sul da Índia e uma importante base naval, teve árvores e postes de eletricidade derrubados e uma grande quantidade de destroços nas ruas.

No Japão, pelo menos 35 pessoas ficaram feridas após a passagem do tufão Vongfong, que atingiu ventos de até 180 quilômetros por hora. O fenômeno se dirige à ilha de Kyushu, onde as autoridades ordenaram a retirada de 150 mil pessoas.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia