Por leonardo.rocha

Estados Unidos - Um estudo realizado pela Inteligência Militar dos Estados Unidos revelou nesta segunda-feira que o ditador Adolf Hitler era usuário regular da droga conhecida como "metanfetamina cristal", uma das substâncias ilegais mais viciantes do mundo. Segundo informações do jornal Daily Maisl, o estudo de 47 páginas ainda revela que Hitler era hipocondríaco e tomava regularmente 74 medicamentos diferentes.

Adolf HitlerDivulgação


A droga, que passou a ser conhecida mundialmente após a série e TV Breaking Bad, é conhecida por causar sentimentos de euforia nos usuários, além de combater a fadiga. O estudo ainda revelou que o ditador teria usado a droga para se reunir com Mussolini, em 1943, quando falou por duas horas, sem parar.

Além de falar sobre as drogas utilizadas por Adolf Hitler, o documento americano também desmascara duas lendas a respeito de Hitler: segundo o estudo, ele não era gay - como é sugerido historicamente - e ele não sofreu um acidente de guerra envolvendo seus testículos - lenda que foi bastante popular na época da Segunda Guerra.

Você pode gostar