Pistorius é sentenciado a 5 anos de prisão por morte de namorada

Advogado da família de Reeva Steenkamp declarou que a pena foi a sentença correta, e acrescentou que 'foi feita justiça'

Por cadu.bruno

África do Sul - Uma corte sul-africana sentenciou nesta terça-feira o atleta olímpico e paralímpico Oscar Pistorius a 5 anos de prisão pela morte de sua namorada, Reeva Steenkamp no ano passado. O advogado da família de Reeva, Dup De Bruyn, declarou em seguida que a pena foi a sentença correta, e acrescentou que "foi feita justiça".

Fotos: Tribunal em Pretória condena Pistorius a 5 anos de prisãoNo ponto culminante de um dos julgamentos de assassinato mais acompanhados na história recente, o atleta, de 27 anos, foi levado em seguida pelos policiais para celas localizadas debaixo do tribunal, em Pretória.

Atleta paralímpico Oscar Pistorius cercado por policiais em Pretória EFE

Pistorius enxugou os olhos quando a juíza Thokozile Masipa proferiu a sentença de prisão por homicídio culposo. Ela morreu quase instantaneamente quando Pistorius disparou quatro tiros através de uma porta de banheiro em sua luxuosa casa em Pretoria, em fevereiro do ano passado. Pistorius declarou tê-la confundido com um intruso.

Conhecido como "Blade Runner" por causa de suas próteses de fibra de carbono, o atleta se tornou um dos maiores nomes do atletismo mundial nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, quando chegou às semifinais dos 400 metros contra atletas sem deficiência.

A procuradoria-geral da África do Sul ainda não decidiu se recorrerá da sentença, disse o porta-voz Nathi Mncube.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia