Por victor.duarte

Síria - Pelo menos 23 pessoas morreram entre segunda e terça-feira em bombardeios da aviação do regime de Bashar al Assad em localidades na periferia da cidade de Aleppo, na Síria, informou nesta terça-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Treze das vítimas, entre elas dois menores, morreram nesta manhã em ataques de helicópteros governamentais, que lançaram barris de explosivos contra uma área denominada Tumba do Inglês, localizada nas proximidades de Hreitan e Kafr Hamra.

Pessoas desesperadas após ataque em AleppoReprodução Internet

Pelo menos 20 pessoas ficaram feridas nos bombardeios, segundo o organismo. Na noite de segunda-feira, helicópteros governamentais lançaram barris de explosivos nos arredores de uma padaria e de um restaurante em Al Bab, que fica na periferia de Aleppo, no norte da Síria, e é controlada pelo Estado Islâmico (EI).

O grupo extremista proclamou no final de junho um califado nas partes do Iraque e da Síria sob seu controle.

Mais de 200 mil pessoas morreram desde o início do conflito na Síria em março de 2011, segundo a ONU.

Você pode gostar