Papa se encontra com crianças autistas

Evento reúne mais de sete mil pessoas

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Vaticano - Neste sábado, no Vaticano, o Papa Francisco se encontrou com crianças autistas e protagonizou mais uma das cenas que vêm fazendo do Pontífice o mais pop dos papas.

Durante o evento, o Papa abraçou e brincou com várias crianças. Ele destacou a necessidade de ser solidário com as pessoas que sofrem com o problema. O Pontífice pediu a governos e instituições que trabalhem para atender às demandas dos autistas. “É preciso romper não só o isolamento dos autistas, mas muitas vezes também é necessário romper os preconceitos enfrentados por eles”, disse, referindo-se aos diferentes níveis de dificuldade de comunicação e socialização enfrentados pelos que têm o distúrbio.

Pontífice brinca com menino durante evento e emociona os presentesEfe

O encontro contou com a presença de mais de sete mil pessoas, entre eles autistas e seus familiares, além de profissionais da área de saúde que participaram esta semana da conferência internacional sobre autismo promovida pelo Vaticano.

Os familiares se emocionaram com a benção dada pelo Papa. “É necessário o comprometimento de todos com essa causa, para promover o encontro e a solidariedade, que se transformem em ações concretas de apoio e em uma promoção renovada da fé”, concluiu o Pontífice.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia