Por tabata.uchoa

Afeganistão - Ontem, uma série de ataques do Talibã deixou ao menos 19 mortos no Afeganistão. Pelo menos seis soldados afegãos morreram em Cabul, em um atentado contra um ônibus do exército, divulgou o ministério da Defesa. Muitos soldados ficaram feridos e estão hospitalizados. Um outro porta-voz anunciou que se tratava de um atentado suicida. “Um homem-bomba detonou os explosivos que carregava no corpo na porta de um ônibus que levava soldados”, afirmou o porta-voz da polícia de Cabul, Hashmat Stanekzai.

Homem-bomba detonou explosivos em ônibus do exército afegãoEfe

Ataques do Talibã também mataram doze trabalhadores que limpavam um campo minado e soldados de diversas nacionalidades, no campo Shorab, na província de Helmand. Mais cedo, um integrante do Supremo Tribunal Afegão, Atiqullah Raoufi, foi baleado e morto no momento em que saía de sua casa, na capital afegã. O Talibã reivindicou a autoria do crime. Em contrapartida, o governo afegão afirmou que matou mais de 50 militantes do grupo jihadista nas últimas 48 horas.

O Talibã — que foi derrubado do poder em 2001 — segue realizando inúmeros ataques no Afeganistão. Nas últimas semanas, atingiu vários ônibus do exército e realizou um ataque suicida que tirou a vida de um cidadão alemão em um centro cultural francês durante a apresentação de uma peça teatral que denunciava ataques suicidas.

Você pode gostar