Mais Lidas

Conta Social: Apoio financeiro para reservas privadas

Áreas contribuem para a proteção da biodiversidade da Mata Atlântica

Por bferreira

Rio - Os proprietários de Reservas Particulares do Patrimônio Natural no Estado do Rio vão passar a ter apoio financeiro. Para isso, foi firmado, semana passada, acordo de cooperação técnica entre o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

Áreas privadas contribuem para a proteção da biodiversidade da Mata Atlânticainfo vida

Será a primeira iniciativa de Pagamento por Serviços Ambientais voltada para estas unidades de conservação de posse privada. Para que os donos das reservas recebam os recursos e também para calcular os valores, haverá avaliações quanto ao status de conservação da área e custo da terra na região, entre outras.

“Nada mais justo para quem contribui com a conservação da biodiversidade do que receber uma ajuda financeira para continuar protegendo a Mata Atlântica fluminense“, disse a coordenadora de Mecanismos de Proteção à Biodiversidade do Inea, Daniela Pires e Albuquerque.

“O fornecimento de água de boa qualidade; a polinização, que garante a alta produtividade agrícola; a proteção do solo; a conservação dos recursos hídricos e a proteção contra o impacto dos eventos climáticos extremos são alguns dos serviços prestados pelas áreas naturais bem conservadas”, destaca André Ferretti, gerente de estratégias de conservação da Fundação, que desenvolveu a metodologia que será utilizada.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia