Carro-bomba explode perto de comício do presidente da Nigéria e mata dois

Embora ninguém tenha reivindicado o atentado, todas as suspeitas apontam para o grupo terrorista Boko Haram

Por victor.duarte

Nigéria - Um carro-bomba explodiu nesta segunda-feira no estacionamento de um estádio de Gombe, no nordeste da Nigéria, pouco depois de o presidente Goodluck Jonathan deixar o local após participar de um comício para as eleições presidenciais do próximo dia 14 de fevereiro, informaram várias testemunhas.

A explosão provocou pelo menos duas mortes e ocorreu por volta das 15h no horário local (12h de Brasília) a 100 metros do veículo no qual o líder nigeriano deixava o estádio.

Carro-bomba explode perto de comício do presidente da Nigéria%2C mata duas pessoas e deixa 12 feridosAfolabi Sotunde / Reuters

Pelo menos outras 12 pessoas ficaram feridas na explosão. Embora alguns moradores tenham dito que a explosão foi causada por um terrorista suicida, uma fonte de segurança que pediu para não ser identificada assegurou à Agência Efe que se tratou de um carro-bomba, que ficou completamente envolto em chamas após a explosão.

Embora ninguém tenha reivindicado esse atentado, todas as suspeitas apontam para o grupo terrorista Boko Haram, cuja campanha de terror para estabelecer um califado islâmico na Nigéria custou milhares de vidas, a maioria delas no último ano e meio.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia