Queniano morre ao ser pisoteado por 15 elefantes em reserva natural

Acidente aconteceu na aldeia de Wiyumiririe, no condado de Laikipia, no centro do país africano

Por nicolas.satriano

Laikipia (África) - Um queniano de 41 anos morreu neste domingo após ser pisoteado por uma manada de 15 elefantes que debandou do parque natural em que vive, na África, informou o Serviço de Natureza do Quênia (KWS) em comunicado.

O acidente aconteceu na aldeia de Wiyumiririe, no condado de Laikipia, no centro do país, quando os elefantes -que tinham saído da reserva de Olpejeta- pisotearam a vítima. Soldados do KWS conseguiram fazer a manada retornar à zona na qual habita, após resgatar um dos elefantes, que tinha ficado preso no barro em um pântano da região.

As autoridades fizeram questionamentos a guardas para evitar novos acidentes deste tipo e prestaram homenagens à família do homem. 

Homem morre, no Quênia, ao ser pisoteado por manada de 15 elefantesDivulgação


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia