Tufão atinge nordeste das Filipinas e pode haver deslizamentos

'Noul' atingiu a província produtora de arroz de Cagayan, a cerca de 400 quilômetros ao norte da capital

Por thiago.antunes

Manila (Filipinas) - O tufão Noul atingiu a área nordeste das Filipinas neste domingo, quando autoridades alertaram para deslizamentos de terra e pediram que moradores das áreas costeiras se dirijam para regiões mais seguras.

A tempestade de categoria cinco carrega ventos de até 185 quilômetros por hora perto do centro, com rajadas de até 220 quilômetros por hora. Ele atingiu a província produtora de arroz de Cagayan, cerca de 400 quilômetros ao norte da capital, Manila, segundo a agência climática.

A eletricidade foi cortada na cidade de Tuguegarao, capital da província de cerca de 1 milhão de habitantes. O tufão deve se mover a noroeste a 17 quilômetros por hora e avançar na direção do sul do Japão na terça-feira.

"Aconselhamos fortemente uma retirada preventiva enquanto ainda temos tempo, e a expectativa é de que irá haver uma confluência de eventos --ondas altas, fortes chuvas nas montanhas, a possibilidade de tempestades e fortes ventos", disse Alexander Pama, chefe da agência nacional de desastres, em entrevista à imprensa antes da chegada do tufão.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia