Palestinos vão apresentar primeiro caso contra Israel ao Tribunal Internacional

ONU denunciou graves abusos de grupos militantes israelenses e palestinos durante o conflito de Gaza em 2014

Por clarissa.sardenberg

Holanda - A Autoridade Palestina vai entregar documentos ao Tribunal Penal Internacional (TPI) pela primeira vez nesta quinta-feira destacando supostos crimes israelenses na Cisjordânia ocupada e na guerra de Gaza em 2014, informou a missão palestina na Holanda.

O ministro palestino de Relações Exteriores, Riad al-Malki, entregará dois arquivos ao procurador do tribunal, Fatou Bensouda, de acordo com nota divulgada nesta quarta-feira.

Mai de 18 mil palestinos moram no campo de Yarmouk%2C que foi invadido pelo Estado Islâmico EFE

A Autoridade Palestina se juntou ao tribunal sediado em Haia em abril e Bensouda iniciou um inquérito preliminar sobre a situação.

Investigadores da Organização das Nações Unidas (ONU) disseram na segunda-feira que grupos militantes israelenses e palestinos cometeram graves abusos da lei humanitária internacional durante o conflito de Gaza em 2014, que podem ser considerados como crimes de guerra.

Cabe a Bensouda decidir se e quando uma investigação formal de crimes de guerra será iniciada. Israel se opõe ao TPI e informou que não iria cooperar com os procuradores.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia