Garçonete é demitida por identificar clientes como 'casal de negros'

Mulher contou que se sentiu humilhada e com raiva pois havia várias outras formas de se referir a eles

Por clarissa.sardenberg

Estados Unidos - Uma garçonete foi demitida de um restaurante em St. Louis, no estado norte-americano do Missouri, após identificar em uma conta um casal de clientes como "casal de negros". Ao checar o recibo, Kimberli Wilson ficou revoltada. “Vi que na conta estava escrito casal de negros. Fiquei totalmente humilhada, frustrada, com muita raiva. Fiquei pensando, na verdade, ainda estamos passando por isso em 2015?”, contou Kimberli à emissora "Fox" sobre o episódio ocorrido neste fim de semana.

Americana Kimberli Wilson ficou ofendida após ver 'casal de negros' em conta Reprodução Internet/ Fox

Segundo o dono do estabelecimento, Patrick Hanon, a forma que a garçonete escolheu para se referir ao casal foi uma "péssima decisão". Ele avisou que já demitiu a funcionária.

Hanon contou que a mulher fez isso porque tinha dificuldades para decorar o número das mesas. Segundo ele, que mantém o restaurante há 33 anos, isso nunca aconteceu antes.

“Nós estávamos na primeira mesa do restaurante. Se você chegasse ao restaurante, a primeira mesa que veria era a nossa. Então ela poderia ter identificado apenas como ‘primeira mesa’, ‘mesa da porta da frente’, ‘homem com camisa vermelha’. Havia muitas outras opções que não essa, que é inaceitável”, disse Kimberli, ofendida.

O gerente do local disse ao casal que não era preciso pagar a conta, mas Kimberli recusou e avisou que não queria mais ficar no local ou voltar ali. “Minha questão é que acho que as pessoas precisam saber o que está acontecendo no local onde elas gastam seu dinheiro”, declarou a americana.

“Estou muito triste com essa situação toda e nem tenho palavras, não consigo mais dormir direito”, comentou o proprietário, que procurou o casal para pedir desculpas. Segundo a "Fox", Kimberli aceitou as desculpas do dono do restaurante.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia