Após abusar e matar menina de 8 anos, jovem de 15 será julgado como adulto

Menina conhecia o rapaz, que a enganou para levá-la ao apartamento onde vivia com a mãe e cometer os crimes

Por clarissa.sardenberg

Estados Unidos - A promotoria de Santa Cruz, no litoral da Califórnia, nos Estados Unidos, informou nesta quarta-feira (data local) que um adolescente de 15 anos será acusado como adulto por abusar sexualmente e matar uma menina de 8 anos em um complexo de apartamentos da cidade no último domingo. Por ser menor de idade, ele não pode receber a pena de morte.

De acordo com a investigação, Madyson "Maddy" Middleton conhecia o jovem acusado, Adrian Jerry Gonzalez, que a enganou para levá-la ao local onde vivia com a mãe e cometer os crimes.

O promotor de distrito do condado de Santa Cruz, Jeff Rosell, disse em entrevista coletiva que, devido à rápida e efetiva ação das autoridades, acredita nas denúncias apresentadas.

Adrian Gonzalez jogou corpo de Maddy Middleton em container após o assassinatoReprodução Instagram/ Divulgação

Segundo a acusação, a menina, que desapareceu enquanto andava de patinete em uma área no conjunto de apartamentos onde morava, foi amarrada, agredida, estrangulada e abusada sexualmente antes de ser morta pelo adolescente.

Após o assassinato, o corpo foi jogado em um container de reciclagem de lixo que ficava em uma garagem. Gonzalez será acusado de seis crimes graves, entre eles homicídio, abuso sexual, lesão corporal grave e sequestro.

De acordo com as informações divulgadas pelas autoridades, a menina desapareceu no domingo, pouco depois das 17h locais. A família denunciou o sumiço uma hora mais tarde, quando os investigadores acham que ela já tinha sido morta.

O corpo de Maddy foi encontrado na segunda-feira à noite. Gonzalez foi visto nos arredores e preso na sequência. Caso seja considerado culpado, o adolescente pode ser condenado à prisão perpétua. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia