Por clarissa.sardenberg
Publicado 17/11/2015 13:39 | Atualizado 17/11/2015 13:55

Bélgica - A França fez uma solicitação formal nesta terça-feira por ajuda de seus parceiros da União Europeia após os ataques em Paris, recorrendo pela primeira vez ao artigo de assistência mútua do tratado da UE. "Hoje, a UE, pela voz de todos os Estados-Membros, manifestou o maior apoio e disposição de dar a assistência pedida", afirmou a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini.

Ministro da Defesa francês%2C Jean-Yves Le Drian%2C contou que pediu ajuda formal da UE contra o terrorismo Reuters

"A França quer pedir apoio aos parceiros europeus na luta contra o grupo extremista Estado Islâmico no Iraque e na Síria e uma participação militar acrescida dos Estados-Membros, nas operações em que o país está presente", declarou o ministro da Defesa Jean-Yves Le Drian.

Le Drian tem uma entrevista coletiva prevista para mais tarde nesta terça. Autoridades da UE disseram que essa foi a primeira vez que o artigo foi ativado.

Detalhes do pedido da França não estavam disponíveis de imediato, mas o Tratado de Lisboa da UE diz que no caso de "agressão armada" a qualquer país do bloco, os outros países têm "uma obrigação de ajuda e assistência por todos os meios em seu poder".

Na última sexta-feira, militantes islâmicos realizaram ataques terroristas coordenados em Paris que deixaram 129 mortos.

*Com informações da Reuters 

Você pode gostar