Por bferreira

Rio - Encerram-se hoje as inscrições para as quase 300 mil vagas, no Brasil todo, da Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica, o Sisutec, que opera dentro da plataforma do Pronatec. Embora tardia, a iniciativa do governo federal de facilitar o acesso de estudantes a cursos de qualificação com vistas ao mercado de trabalho é fundamental para o desenvolvimento do país. No Rio, há pouco mais de 35 mil em 14 municípios.

Para o aluno, são inúmeras as vantagens. Os selecionados não pagam o curso e obtêm, num período relativamente curto, saberes e práticas que farão diferença na hora de buscar emprego.

A mecânica do Sisutec também deve ser elogiada. As duas primeiras chamadas são exclusivas para quem fez o Enem — um teste de abrangência nacional que fornece um bom parâmetro. As demais convocatórias admitirão quaisquer concluintes do Ensino Médio, entendendo que a formação continuada é uma necessidade imperiosa dos estudantes.

Mais uma vez, lamenta-se o fato de o Brasil ter demorado a tomar essa iniciativa, mas é hora de esquecer o passado e acelerar rumo ao futuro. Só com qualificação o país terá meios de dar o necessário salto estratégico.

Você pode gostar