Padre Omar: Limpando a casa

Há quem pense que a confissão a um sacerdote é besteira, mas não! Ela nos reconcilia com o próprio Deus!

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - Como é bom quando alguém que amamos muito nos perdoa por algo de errado que fizemos, não é mesmo? É sempre tão difícil a gente reconhecer que vacilou... O que se sente é vergonha, certa humilhação, medo de como vai ser tratado por quem ouve o nosso relato... Mas, após colocar para fora o que estava ‘azedando’ o nosso interior, a gente sempre percebe que valeu a pena. Principalmente quando escuta do nosso interlocutor que está tudo bem. É um alívio gigante!

Essa experiência é sempre muito rica. Mas, infelizmente, tem muita gente que ainda não descobriu que ela pode ser ainda mais gratificante, porque pode trazer salvação, vida nova. Isso mesmo! Se alguém, arrependido, vai em busca do perdão de Deus, por meio do sacramento da confissão, o céu se abre para aquela pessoa! Não só o que ‘azedava’ o interior se dilui, como também se recupera a harmonia da vida, que o pecado rouba de nós.

Há quem pense que a confissão a um sacerdote é besteira, mas não! Ela nos reconcilia com o próprio Deus! Afinal, Jesus concedeu autoridade à Igreja para perdoar pecados, ao confiá-la a Pedro — o nosso primeiro Papa.

Veja o que diz a Bíblia: “Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos.” (Jo 20,23)

Note que, nesta época do ano, uma das primeiras coisas que fazemos, antes mesmo de montar a árvore de Natal e o presépio, é uma boa faxina na casa. É quando, também, as residências mais ganham roupas de cama, mesa e banho novas... Ora, se há tanta preparação exterior, porque visitas passarão por onde moramos, a preparação interior, a do nosso coração, precisa ser ainda melhor. Afinal, é o próprio Senhor quem vai visitar e fazer morada na nossa casa-coração! Então, a proposta para esta segunda semana do Advento é lançar fora os pecados e trajar as vestes novas da salvação!

Eu quero e preciso de confissão, para que, no Natal, Jesus nasça novamente no meu coração. E você, topa o desafio de se reconciliar com Deus nesta semana? ‘Tamu’ junto!’

?Padre Omar é o Reitor do Santuário do Cristo Redentor do Corcovado. Faça perguntas ao Padre Omar pelo e-mail padreomar@padreomar.com. Acesse também www.padreomar.com e www.facebook.com/padreomarraposo

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia