Mais Lidas

Editorial: Boas práticas na rede de saúde

A Saúde pública tenta se recuperar de um quase colapso, como O DIA vem mostrando nas últimas semanas

Por bferreira

Rio - A Saúde pública tenta se recuperar de um quase colapso, como O DIA vem mostrando nas últimas semanas. Mas também estão no SUS iniciativas inovadoras e positivas no tratamento de graves doenças. No domingo, reportagem do DIA detalhou os resultados de projeto de humanização em oncologia pediátrica que há quase uma década vem transformando a vida de pequenos pacientes de câncer.

Desenvolvida pelo Instituto Desiderata, a ambientação conta com seis espaços em cinco unidades de saúde e já mediu o impacto nas crianças atendidas. Quase três quartos afirmaram ter sentido menos dor em procedimentos como químio.

Em um segmento onde paira o senso comum de que ninguém se importa com o paciente — máxima um tanto injusta, dada a dedicação de muitos profissionais, a despeito das limitações de atendimento —, é gratificante tomar conhecimento de histórias de cuidado especial com a população. E isso, felizmente, é reconhecido. Por mais ideias assim.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia