Informe do Dia: Fraude na votação

Corregedoria da Alerj investiga votos de pontos no projeto que concedeu aumento aos professores

Por thiago.antunes

Rio - A Corregedoria da Assembleia Legislativa (Alerj) investiga suposta fraude na votação de pontos do projeto que concedeu aumento aos professores. Dois deputados afirmaram que outras pessoas votaram por eles.

“Meu voto apareceu ali e eu estou em pé aqui”, disse, no plenário, Armando José (PSB). O outro caso ocorreu com Pedro Augusto (PMDB).

Para o corregedor da Alerj, Comte Bittencourt, o caso é muito grave. Ele analisará as imagens da sessão para tentar descobrir o que houve. Para votar, cada deputado precisa digitar sua senha.

Dificuldades

Um deputado que pediu para não ser identificado diz que é bom ter cuidado com a apuração. Os dois colegas são do grupo de Domingos Brazão (PMDB), que rompeu com o governo estadual e, desde então, tem procurado dificultar os trabalhos na Alerj.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia