Operação do Procon em motéis termina com 320 kg de alimentos apreendidos

Nesta sexta-feira, foram recolhidos 170 quilos

Por thiago.antunes

Rio - Mais de 320 quilos de alimentos impróprios para o consumo foram apreendidos na Operação Côncavo e Convexo que vistoriou motéis no Rio de Janeiro nestas quinta e sexta-feiras, a menos de uma semana do Dia dos Namorados.

Somente nesta sexta-feira, agentes da Secretaria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor e policiais da Delegacia do Consumidor (Decon) apreenderam 170 quilos de alimentos.

No motel Shalimar, em São Conrado, foram encontrados mais de 80 quilos de produtos impróprios para o consumo, dentre eles, 25 quilos de carnes, frios, molhos e massas diversas, que estavam com prazo de validade vencido.

No Nosso Hotel, também em São Conrado, foram apreendidos 40 quilos de alimentos impróprios para o consumo, além de oito quilos de queijo em estado de decomposição.

Os motéis Elegance, no Catete, e Diamond, na Glória, também foram autuados por armazenarem alimentos vencidos e sem especificação da validade.

Nenhum dos estabelecimentos vistoriados cumpre a legislação estadual 2929/98, que obriga hotéis e motéis a vender, a preço de custo, três unidades de preservativos masculinos e três femininos com selo de garantia do Inmetro.

Os motéis autuados receberão multa que pode variar de 200 a 3 milhões de Ufirs (de R$ 481,32 a R$ 7,2 milhões, respectivamente).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia