Por thiago.antunes

Rio - A ex-mulher do milionário Renné Senna, a cabeleireira Adriana Almeida, conseguiu na Justiça ordem para que Renata Senna — filha de Renné e com quem disputa a herança — seja obrigada a fazer novo exame de DNA para provar o parentesco com o ganhador de R$ 52 milhões.

Renné foi morto em 2007 e Adriana, absolvida da acusação de participação no crime. Renata já fez um teste igual durante o processo, que apresentou possibilidade acima de 99% dela ser filha da vítima.

Você pode gostar