Por thiago.antunes

Rio -  Apesar da queda de popularidade de Sérgio Cabral, o deputado estadual Marcelo Freixo (Psol) afirma que não vai se candidatar ao governo do Rio de Janeiro.

Diz que seu partido não tem estrutura para uma campanha competitiva nos 92 municípios do estado. O PMDB já lançou o nome de Pezão, hoje vice-governador.

Segundo Freixo, a candidatura ao Palácio Guanabara o impediria de tentar renovar seu mandato de deputado, o que acabaria atrapalhando a disputa pela Prefeitura do Rio em 2016. Mas ele diz que o Psol terá candidato no ano que vem.

Você pode gostar