Por tamyres.matos

Rio - Saquarema, conhecida por muitos praticantes do surfe como a capital brasileira do esporte, se transforma uma vez por ano na cidade da fé. Distante cerca de 100 quilômetros do Rio, o município da Região dos Lagos está em festa para celebrar o mais antigo Círio do país — o primeiro ocorreu em 1630 —, em homenagem à Nossa Senhora de Nazaré. O evento, considerado a terceira maior festa católica do Brasil, foi aberta oficialmente ontem, com queima de fogos.

Este ano são esperados 15 mil fiéis na procissão da padroeira, marcada para o próximo domingo, dia 8. De barcos, motos, carros ou bicicletas, devotos vão mostrar toda a sua fé nos Círios das Águas e das Rodas, que percorrerão toda a região.

A professora Lucinéia Vignoli, 50 anos, recebeu do padre Mário César da Costa a missão de organizar a festa. O marido, o professor Rodolfo Moreira, 59, e toda a família foram envolvidos nos preparativos, inclusive na arrecadação de prendas, que podem ser doadas até sábado na casa da festeira, mais conhecida por Neinha, na Avenida 8 de Maio 92.

Igreja de Nossa Senhora de Nazaré é centro da festa religiosa e um dos principais pontos turísticos da cidade%2C com vista para a praia e a lagoaPaulo Lulo / Agência O Dia

“A gente trabalha da hora que acorda até dormir. A devoção à Nossa Senhora compensa o cansaço”, diz Neinha, que já sabe o que pedir à padroeira. “Que ela traga calma para o mundo. As pessoas estão muito violentas”, diz.

A devoção do marido Rodolfo foi passada pela mãe, Nazareth, que nasceu no dia da padroeira e o levava ao Círio quando tinha apenas 8 anos. Operado recentemente, ele também é só agradecimentos. “A Ciência provou que quem tem fé cura seus males”.

Aquecimento do comércio é comemorado

A Câmara dos Dirigentes Lojistas de Saquarema prevê aumento de 50% no faturamento do comércio na região, nesses dias de festa. “O Círio de Nazaré é um acontecimento que aquece o comércio, principalmente o do Centro, onde fica a Igreja Matriz”, anima-se o presidente da entidade José Luiz Soares.

No comércio, quanto mais próximo da Igreja Matriz, maior o lucro. A pousada Canto da Vila, em frente à Praia da Vila, fechou todas as reservas um mês antes do evento religioso.
“Os 30 quartos estão ocupados. Os devotos preferem ficar do lado da Igreja. Não precisam fazer a peregrinação”, brinca a gerente Edjane Azevedo.

PROGRAMAÇÃO

Hoje: 8h – Círio das Rodas saindo da Igreja Matriz e bênção dos veículos; 20h30 - Missa;
Amanhã: 20h – Missa;
Terça: 20h – Missa;
Quarta: 20h – Missa;
Quinta:> 20h – Missa
Sexta-feira: 20h – Missa; 19h30 e 21h – Shows com artistas locais na Praça Macedo Soares;
Sábado: 6h – Alvorada com sinos e queima de fogos; 10h – Missa; 12h – Veneração à imagem da padroeira; 14h– Círio das Águas – Procissão Marítima com bênção aos pescadores; 17h – Coral das Meninas dos Canarinhos de Petrópolis, na Matriz;20h–Missa com o Coral de Petrópolis; 19h30 e 21h – Shows com artistas locais na Praça Macedo Soares;
Domingo – 5h – Alvorada, com sinos e queima de fogos. Missa às 6h, 7h, 8h, 9h, 10h e missa solene às 12h, como o coral de Petrópolis; 14h – Leilão de prendas e de animais de várias espécies na Praça Macedo Soares; 18h – Missa; 20h - Procissão; 21h30 – Queima de fogos, encerrando as festividades.

Você pode gostar