Rock in Rio: Procon determina que festival alerte público sobre ambulantes

Órgão quer coibir vendedores irregulares

Por thiago.antunes

Rio - A Secretaria de Estado de Proteção e Defesa do Consumidor (Seprocon), por meio do Procon-RJ, instaurou nesta terça-feira, Ato Administrativo determinando que a organização do Rock in Rio divulgue comunicado nos intervalos dos shows alertando o público para só comprar produtos dos ambulantes no interior da Cidade do Rock pelo preço da tabela estampada nos uniformes deles.

O ato diz, ainda, que as pessoas devem ser orientadas a denunciar ao Procon-RJ, que está com equipes no local, caso o valor cobrado seja acima do preço determinado.

A empresa Two East, contratada pela rede de lanchonetes Bob's para circular com ambulantes vendendo comidas e bebidas entre os espectadores, foi autuada e será multada. Durante o fim de semana, após receber denúncias, fiscais do Procon constataram que os ambulantes vendiam as mercadorias por preços mais caros do que constava na tabela estampada na própria roupa que vestiam. Alguns deles encobriam parte dos coletes que usavam, ocultando o real valor dos produtos.

O objetivo do ato é garantir que o público do evento saiba que esse problema ocorreu e seja informado onde pode exigir seus direitos.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia