Após paralisação, ambulantes conseguem acordo com organização do Rock in Rio

Insatisfeitos com a lucratividade das vendas, grupo fez paralisação para reivindicar melhores condições de trabalho

Por daniela.lima

Rio - A mobilização de classe chegou até a Cidade do Rock nesta sexta-feira. Insatisfeitos com a lucratividade da venda dos copinhos de água, os vendedores ambulantes fizeram uma paralisação para reivindicar melhores condições de trabalho. Eles reclamavam de ganhar apenas 10% do valor de cada copo, que custa R$ 4. Segundo eles, que pagaram R$ 150 para conseguir a licença que permite trabalhar no local, o valor não estava cobrindo os custos.

É possível observar a circulação destes vendedores na noite desta sexta. Segundo o ambulante Edmilson da Silva, conhecido como Tiozinho, de 51 anos, houve acordo entre os trabalhadores e organização e, a partir de agora, eles recebem R$ 1 por cada unidade vendida. "Agora está tudo bem. Eles ouviram a gente e a situação está normal", disse.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia