Por thiago.antunes

Rio - Vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento Social, Adilson Pires esteve em Portugal na semana passada para conhecer programas de tratamento de usuários de drogas. Desde 2001 que o porte de qualquer droga para consumo pessoal deixou de ser crime por lá.

Pires diz que experiências como as desenvolvidas no Centro de Atendimento a Toxicodependentes das Taipas, em Lisboa, poderão ser adaptadas para o Rio. No mês passado, a prefeitura inaugurou a primeira unidade do projeto Casa Viva, dedicado, principalmente, a dependentes de crack.

Você pode gostar