Por thiago.antunes

Rio - Policiais militares do 34º BPM (Magé) prenderam, na tarde desta sexta-feira, Rogério Oliveira Ferreira, de 47 anos, por utilizar-se de uma carteira de identidade falsa em nome de uma outra pessoa para tentar aprovar linha de crédito numa loja de roupas, em Piabetá, na Baixada Fluminense.

Segundo policiais, Rogério já tinha efetuado várias compras em outras filias da mesa rede de lojas, sempre utilizando documentos falsificados e com nomes diferentes, porém com sua fotografia. Ao ser preso, ele ainda ofereceu R$ 5 mil aos militares e um carro que era utilizado por ele, um Gol, ano 2012, para que fosse liberado.

O acusado foi levado para a 66ª DP (Piabetá). Ele foi autuado em flagrante pelos crimes de uso de documento falso e corrupção ativa. Caso seja condenado, as penas somadas podem chegar a 18 anos de prisão.

Você pode gostar