Mais Lidas

Anistia Internacional rebate crítica de Eduardo Paes

ONG reafirma que os processos de remoção realizados pela prefeitura não são transparentes

Por thiago.antunes

Rio - A Anistia Internacional Brasil rebateu nesta terça-feira as declarações do prefeito Eduardo Paes, em reportagem no DIA, sobre a partidarização de diretores da ONG e reafirmou que há falta de transparência nos processos de remoções da cidade. Em nota, a entidade informa que, a partir de pesquisa documental e entrevistas, identificou que “há falta de acesso à informação e diálogo entre as comunidades impactadas e a prefeitura”.

Na nota, a ONG afirma ainda que “há evidências de não cumprimento dos parâmetros estabelecidos internacionalmente e pela legislação nacional para implementação de projetos que acarretem na remoção de famílias, tais como falta de consulta prévia às pessoas impactadas, com informações completas sobre todo o processo (prazo, locais e contrapartidas); notificação adequada e em tempo suficiente; provisão de moradia alternativa adequada; compensação por todas as perdas, assessoria jurídica e recursos legais, quando necessário”.

Segundo a ONG, ao contrário do que disse Paes, o diretor-executivo da Anistia, Atila Roque, não pertence nem nunca pertenceu a partidos, assim como os demais membros de sua equipe.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia