Mais Lidas

Justiça autoriza operação em abrigo e estação de trem na Zona Oeste

Locais seriam usados por traficantes da região para armazenar drogas

Por thiago.antunes

Rio - Uma operação de busca e apreensão de documentos, armas e drogas foi realizada, nesta quarta-feira, nas dependências do abrigo Rio Acolhedor, em Santa Cruz e da estação da Supervia Tancredo Neves, em Antares, Zona Oeste do Rio. A ação foi aceita pela Justiça a pedido do Ministério Público do Estado do Rio (MPRJ) que apura denúncias relativas ao uso dos locais por traficantes da região para o armazenamento de drogas, com suposto auxílio de funcionários.

As denúncias foram repassadas pela Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança do Estado através de informações recebidas pelo Disque-Denúncia e pela Ouvidoria do MPRJ para a 7ª Promotoria Justiça de Defesa da Cidadania e para a 2ª Promotoria de Justiça junto à 1ª Vara Criminal de Santa Cruz, responsáveis pelo pedido de busca e apreensão à Justiça. O material coletado nos locais servirá para instruir dois inquéritos em andamento nas Promotorias de Justiça.

A ação teve início por volta das 8h e foi comandada pela Subsecretaria de Inteligência com o apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil. Até o início da tarde, os policiais permaneciam no local para apurar também informações sobre a existência de cemitérios clandestinos na região.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia