Mais Lidas

MP pede prisão de ex-secretário de finanças e ex-tesoureira de Paraty

Os dois seriam chefes de quadrilha que desviou recursos do ISS de empresas que prestavam serviços à prefeitura

Por thiago.antunes

Rio - O Ministério Público do Estado do Rio pediu, na terça-feira, a prisão do ex-secretário de finanças de Paraty, José dos Santos Pádua Filho, vulgo Zezão, e da ex-tesoureira do município, Eni Correa Duarte Coelho.

Os dois seriam os chefes de uma quadrilha que desviou, entre 2010 e 2011, recursos do imposto sobre serviços (ISS) de empresas que prestavam serviços à prefeitura. Segundo os promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), o montante desviado teria chegado a R$ 591 mil.

O Gaeco denunciou também a ex-diretora de contabilidade, Rosângela Reinalda Ramos, e o ex-controlador geral do município, André Inácio Magarão. Porém, não pediu a prisão dos dois.

Segundo o MP, eles concorreram de forma dolosa e eficaz para a prática dos crimes de peculato atribuídos ao ex-secretário e à ex-tesoureira, pois deixaram de cumprir suas obrigações legais ao não fiscalizar as grosseiras e reiteradas movimentações ilícitas praticadas.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia