Por thiago.antunes

Rio - Superintendente da Polícia Federal no Rio, o delegado Roberto Cordeiro comunicou, em reunião com seus subordinados, que deixará o posto em fevereiro. Na conversa, ele não deixou claros os motivos de sua saída.

A atuação da Polícia Federal no estado tem sido alvo de muitas críticas. De acordo com dados da própria instituição, a produtividade — prisões, apreensões, relatórios de inquéritos — é uma das piores de todo o país. O diálogo com a Secretaria Estadual de Segurança também não anda lá muito bem.

Você pode gostar